jusbrasil.com.br
25 de Novembro de 2020

Jornada da Advocacia em Dívidas Bancárias

Alcance resultados transformadores advogando com dívidas bancárias


O exercício da advocacia vem mudando rapidamente nos últimos anos. Os profissionais que têm mais sucesso são aqueles que identificam nichos de atuação ainda não bem atendidos. É o caso do Direito Bancário, em especial na solução de dívidas bancárias com suporte jurídico. No Brasil são mais de 60 milhões de inadimplentes, com débitos que chegam a 90 bilhões de reais, segundo dados do Banco Central.

Por isso o IbiJus convida você Jusbrasileiro (a) a participar da “Jornada da Advocacia em Dívidas Bancárias”, que acontecerá a partir do dia 18/08 (terça-feira), às 10h.

Na nossa jornada serão apresentadas boas práticas para ter sucesso nesta área, bem como as estratégias e técnicas que comprovadamente funcionam.

O evento é 100% ONLINE, AO VIVO e GRATUITO. Faça sua inscrição gratuita AQUI.

Datas e horários

Início: 18/08/2020 - 10:00

Obs. Horário de Brasília.

Inscreva-se AQUI.

Público alvo

As palestras são voltadas tanto para quem já atua e quer potencializar seus resultados, quanto para quem não tem nenhum contato com essa área e percebeu a necessidade de se especializar em um nicho promissor e rentável.

Conteúdo programático

  • 18/08 - 10h - Aprenda o método que leva a mais de 80% de desconto em dívidas bancárias
  • 20/08 - 10h - Juros abusivos: saiba definitivamente o que são e como identificá-los
  • 25/08 - 10h - Estratégias para conquistar clientes
  • 27/08 - 10h - 5 técnicas comprovadas de negociação para contencioso bancário
  • 28/08 - 10h - Webinário

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Olá, bom dia, estou tentando me inscrever, mas quando tento enviar meu nome e email, surge a seguinte mensagem:

"Não foi possível enviar seus dados. Por favor, tente novamente." continuar lendo

Olá Sofia,
Tente novamente, por favor. Pode ter sido uma instabilidade do sistema. Persistindo o erro, entre em contato no email [email protected]
Atenciosamente,
Equipe IbiJus continuar lendo